Telefone
(11) 4113 9145
Skype Twitter Facebook YouTube
Login
E-mail
Banner 178

Livro: Jóia do Deserto - Sharon Kendrick

Membro: Equipe Multi Ajuda    Autor - Fonte: Sharon Kendrick

Baixar o livro Indique esta página para um amigo

1/37 Próxima - Ir para a página:  !  ! 

Sharon Kendrick 2° livro da Trilogia Herdeiros do Deserto O sheik irá reinvidicar sua esposa...

Cinco anos se passaram desde que Alexa pôs os olhos em Giovanni de Verrazzano peta última vez. Cinco anos desde que ela abandonou o casamento, levando consigo um precioso segredo.

Ao descobrir ser filho de um poderoso governante do deserto, Giovanni está determinado a fazer Alexa reassumir seu papel de esposa e acompanhá-lo ao seu reino. Mas como esse italiano orgulhoso de descendência Kharastani reagirá ao descobrir que tem um filho? Digitalizado e revisado por: Simone Ribeiro.

CAPITULO UM Não era preciso estar se afogando para ver sua vida repassando diante de seus olhos. Nem estar dormindo para se sentir cambaleando, num pesadelo.

E esse era seu pior pesadelo.

Alexa piscava rapidamente, como se tivesse emer¬gido da água. A visão borrada não a deixava ver cla¬ramente, e pensou que talvez não fosse ele. Por uma fração de segundo uma ponta de otimismo a tomou, vendo o homem gracioso que seguia pela rua de para¬lelepípedos. Mas a esperança se foi ao se aproximare ver um grupo de mulheres o seguirem com o olhar.

Sem dúvida, ele caminhava como um líder, um ho¬mem nascido para o dinheiro, com mais do que o su¬ficiente. Alto e arrebatador, ele tinha os cabelos escu¬ros e cacheados, e seu rosto expressava um ar altivo e ligeiramente cruel.

Sua pele tinha um bronzeado profundo, mesmo para um italiano do sul, e seu ar exótico acrescentava a mística de Nápoles, sua cidade natal. Mãe glamurosa, pai desconhecido.

Ele vestia um terno cinza perfeitamente talhado para seu corpo esguio e rijo e, ao passar, as mulheres se derreteram. Teria sido quase cómico se não tivesse doído no coração de Alexa. Uma dor que deveria ter desaparecido há muito tempo. No entanto, lá no fun¬do, havia um sentimento bem mais agudo do que a dor.

Medo.

Ela lambeu os lábios. Giovanni.

Giovanni, seu marido.

Ciumento, possessivo, fantasioso, idealístico. Giovanni...

Silenciosamente, ela disse o nome que havia tenta¬do esquecer, mas jamais esqueceria. E como poderia, se ainda estava unida a ele pela lei, pelos sentimentos não resolvidos e por algo ainda mais profundo? Algo tão precioso que se... se...

Alexa engoliu em seco. Será que ela a vira? Seu coração quase parou diante da esperança tola que re¬nascia. Será que sabia que ela estava ali? Mesmo antes de cruzar com o olhar negro que pas¬sava pelas vitrines como a mira de um caçador, ou vê-lo atravessar a rua rumo a um edifício, ela soube que era uma pergunta vã.

Claro que ele sabia que ela estava ali. Por que ou¬tro motivo o milionário de coração de pedra estaria vagando pela tranquila rua inglesa, em vez de peram¬bular por sua Nápoles barulhenta em seu carrinho es¬porte, com todos os homens gritando "Gio!" e todas a mulheres rebolando ao vê-lo passar? De quê mais ele saberia? Teria ele... descoberto? Ah, por favor. O mundo voltou a ficar embaçado e ela apertou o pedacinho de seda que segurava. Por fa¬vor, não o deixe saber.

A pele gelava e o coração começou a bater com força. Alexa sentia as palmas das mãos começando a suar e largou a camiseta de seda que dobrava com de¬dos trêmulos. Nenhum cliente rico daria dinheiro por um produto acima do preço se estivesse manchado de seu suor. Ela lambeu os lábios secos, dizendo a si mesma que era insano tentar adivinhar a situação. Apenas ouça o que ele tem a dizer e mostre-se tran¬quila, você certamente pode fazer isso, levando em conta o que está em jogo.

A campainha da porta da loja tocou e ela olhou direto para ele, que entrava, com um sorriso nos lábios. O tipo de sorriso que uma esposa distante mostraria ao marido que tivesse dado ao dicionário uma nova definição de "comportamento irracional".

— O... Olá, Giovanni — disse ela, ouvindo o tre¬mor na própria voz, o que ele ouviu também, pois apertou os olhos negros imaginando o motivo. — Mas que...

— O que? — perguntou ele, letal como uma ser¬pente.

— Surpresa. — Ela engoliu, sentindo a garganta conter a palavra.

— Ah! Mas que afirmação de menosprezo, cara! — murmurou ele — Você realmente esperava passar o resto de sua vida sem voltar a me ver? — Não pensei muito sobre isso.

— Não acredito em você — disse ele, suavemente, lançando um olhar de deboche. Não pensar nele? A lua deixaria de surgir no céu antes que isso aconte¬cesse! — Todas as mulheres que me conheceram são obcecadas por mim e, em vários aspectos, você me conheceu melhor que a maioria, já que é a única com quem me casei.

Mas Giovanni sabia que era muito mais do que o laço legal que os unia, tornando-a tão única. Um ca¬samento que havia sido bem mais forte e não tão fácil de se desvencilhar quanto ele imaginara. Fora por Alexa tê-lo visto de guarda baixa. Ela vira Giovanni quase vulnerável e lhe ensinara uma lição que ele já devia saber: jamais se deve confiar nas mulheres.

O sorriso estático de Alexa se transformou numa careta grotesca.

—Você gostaria... de falar comigo? — As sobran¬celhas negras se ergueram, interrogativas.

— Acha que quero comprar umas roupas femini¬nas, talvez para uma de minhas amantes? Se ele soubesse! Se ao menos tivesse uma noção dos pensamentos loucos que passavam por sua cabe¬ça como um rodamoinho descontrolado... Pois você sabe que o que fez a esse homem foi errado! Ela desejou que a voz de sua consciência cessasse, com a lembrança das palavras duras e ásperas que ele lhe dissera. Tudo que ela havia feito tinha uma razão.

— Não posso falar agora, estou trabalhando.

— Estou vendo. — Ele olhou ao redor da loja, fin¬gindo interesse, mas, na realidade, era para estabili¬zar seu batimento cardíaco. Ficou perplexo com as batidas estrondosas e subestimou o impacto que ela causava em seus sentidos. Ou talvez tivesse simples¬mente esquecido.

Ele deixou seus olhos famintos se banquetearem so¬bre ela. Os cabelos estavam presos num coque austero e ela vestia uma saia preta risca de giz com blusa bran¬ca, provavelmente um tipo de uniforme de trabalho. No entanto, ...
1/37 Próxima - Ir para a página:  !  ! 

Comentários:

Carol: Muito lindo adorei .

Deixe aqui seu comentário sobre este livro:

Nome: Um valor é necessário.
Comentário: Um valor é necessário.
  CAPTCHA Image   Reload Image
Digite as letras abaixo:
 
Banner 175
Banner 151
Banner 153
Banner 172

Livros de Romances Para Ler ou Baixar

Livros de Autoajuda Para Ler ou Baixar Grátis

Livros do Chico Xavier - Baixar

Powerpoints Com Musica Para Baixar

Vídeos de Autoajuda Para Download

Cuidados Com os Animais Domesticos

Terapia de Regressão Sessão Única

Curso de Regressão de Memória

Loja MultiAjuda


0.146